sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

ALEGORIA-LIÇÃO DE AMOR!...

FOTO-LAGOA DAS PATAS NA ILHA TERCEIRA-AÇORES-PORTIGAL



- Era uma vez, um homem e uma mulher que se amavam muito. Na verdade, amavam-se tanto que um via a perfeição de Deus no outro. Nos olhos do outro viam o mundo, pois suas almas eram uma só. Nos ouvidos do outro, ouviam a mesma melodia, mas no corpo do outro eles percebiam diferenças.
- A perfeita identidade que sentiam não exigia compreenção, porquanto enchia-os constantemente de alegria. Mas as diferenças deixava-os confusos. Nenhum dos dois, sabia qual diferença era melhor.


- Logo o homem e a muher começaram a tomar consciência de si. O amor não havia mudado, mas as diferenças físicas fizeram com que passassem a pensar de forma diferente, a sentir de modo diferente em relação ao outro.
- Começaram a agir de modo diferente.
Logo a unidade que sentiam foi empanada e obsurecida. A uniformidade foi eclipsada pelas diferenças.
A perfeição divina agora havia sido escondida pela percepção da própria imperfeição.

- O homem quis saber se o corpo da mulher seria realmente o mais perfeito, que ele poderia experimentar.
A mulher ponderou a mesma coisa acerca do homem.
Logo começaram a aumentar as imperfeições físicas que descobriram no outro. Então ampliaram as diferenças emocionais. Por fim, começaram a analisar o amor que sentiam pelo outro. Com o passar do tempo, mal conseguiam perceber o próprio amor.

- O homem procurou outras mulheres.
A mulher procurou outros homens.
Cada um tentou encontrar o que estava faltando no outro.

- Durante doze mil anos, perambularam pela terra.
O homem encontrou belas mulheres.
A mulher encontrou lindos homens.

- Ainda assim, parecia que faltava algo em cada nova pessoa que conheciam. O tempo passou, eles cansaram-se e ficaram desapontados. As viagens haviam enfraquecido os seus corpos. Os olhos haviam deixado de brilhar. Os corações, não conheciam mais o amor, pois a desilusão levara-os ao desespero.
- Os séculos haviam corroído o que eles pensavam procurar. Nem se m lembravam mais o que era.

- Então, um dia eles encontraram-se;
Viram o corpo fatigado do outro e fitaram-se nos olhos. Perceberam algo que nunca tinham percebido antes. Não, viam mais as diferenças um no outro.
Os seus olhos começaram a brilhar, por entre lágrimas de felicidade. No meio, da névoa bruxuleante da verdade, viram além das evidentes imperfeições. as jornadas, haviam-lhes ensinado a humildade, e eles eram a perfeição do seu amor.

- Os céus abriram-se, misericordiosos.
As núvens da dúvida desfizeram-se. e o sol lançou os seus raios sobre o tesouro que eles acabavam de descobrir.
Ambos recuperaram a juventude.
Os seus corpos voltaram a ser fortes, voltaram a ser um só.

Dessa unidade, o amor floresceu como verdade eterna.

Texto e Postagem,

Fernanda Costa

Lisboa, 30 de Janeiro de 2009
Posted by Picasa

48 comentários:

manzas disse...

Estar aqui presente
Com palavras
Luzentes brilhantes…
É como flutuar
Em águas calmas
E no fundo ver diamantes

Um bom fim-de-semana
Inundado de paz…

O eterno abraço…

Esterança disse...

Oi querida Fernandinha,

mais um belo texto, exaltando o amor e a cumplicidade!!

Essa foto é simplesmente um encanto, há muito amor espalhado em toda a natureza, por isso somos tão atraídas por ela..


beijinhos e ótimo fim de semana!!

manuel marques disse...

O inferno é perder a capacidade de amar.

'Jinhos.

gaivota disse...

gosto da foto, os cisnes no seu habitat, felizes, deslizando...
é também uma lição de amor!
beijinhos grandessssssssss

O mar me encanta completamente... disse...

Passando para te ler Fe.
E adorando o que vejo.
Aproveito para lhe desejar
um fim de semana cheio de paz.
Meu carinho, sempre.

tulipa disse...

HOJE

E
S
T
O
U

FELIZ

acreditam?

Pois é...
sinto-me assim como quem cumpriu a sua missão - dever cumprido!!!

Nunca fiz nenhuma exposição e...
achava um bicho de sete cabeças montar a exposição, no entanto, foi maravilhoso, começar a ver o efeito dos quadros nas paredes...
uma sensação indescritível.

Dormi apenas 3h esta noite, deitei-me às 6h da manhã para me levantar às 9h da manhã...
Mas...estou tão leve!!!
Tão serena!!!
É verdade...
nem me conheço a mim mesma.

Acreditem que cada vez que vejo as minhas 600 fotos da Índia, fico sempre com a sensação que por muito que se fotografe não se consegue captar toda a sua essência, toda a sua beleza?

Eu tive o privilégio de conhecer esse mundo maravilhoso.

Obrigado pelas vossas palavras de força, ânimo, carinho.
Adoro-vos!!!

Carmen Monteiro disse...

nossa! que lindo modo de contar o que aconteceu!

bjos Fernanda!

Luz e Amor!

Isa disse...

Amiga,que lindo Texto..
Vou voltando lentamente,mas Felizzz
por estar + perto de todos vós.
A Ternura,as Palavras,o "estou aqui" souberam-me tão bem!
Beijoo.
isa.

Laura disse...

Olá querida menina...
Pois é, é preciso que todos busquem o mesmo, e, nós desencontramo-nos, os defeitos em cada um são mais que muitos e....que falta de amor, de paz, de tudo...
Obrigada pelos vosos sinceros sobr emeu implante...já faltou mais...Beijinhos com ternura da laura..

Carla disse...

belas palavrs aqui nos deixas
beijos e bom fds amiga

Zé Carlos disse...

Fernandinha querida, você sempre nos encantando com seus escritos e aqui preciso deixar um comentário: Esta foto do cabeçalho de seu Blog está maravilhosa e você linda demais...
Beijão do teu amigo do Brasil, ZC

LUZIMAR disse...

"A amizade permanente não se compra e não se vende, não se ensina e nem se aprende, nasce e morre com a gente!"(Flávia Milena).

Olá Fernanda que lindo texto e que historia linda..., passando para deixar meu abraço de carinho e amizade.

Desejo a você um lindo fim de semana.

Luzimar

Teresa Augusto Shanor disse...

Querida Fernandinha,
que texto mais lindo, minha amiga!
Oxalá, possamos voltar à nossa Unidade Divina, pois já perdemos muito tempo procurando fora o que está dentro de nós, pois na verdade, somos todos Um e cada um é único no Universo.
E a sua Ilha é linda.
Amo suas fotos.
São muito atrativas.
Um ótimo final de semana.
Beijinhos carinhosos em seu coração.

Val Du disse...

Oi, Fernanda.
Que alegria receber sua visita em meu blog. Adorei!

Gostei muito desse texto.Aliás gostei de todos que li.:)

Beijos.

M@ disse...

BOM DOMINGO

........ (''''(`-``'´´-´)'''')
..........).....--.......--....(
........./.....(6..._...6)....\
.........\........(..0..)....;../
......__.`.-._..'='..._.-.`.__
..../......'###.,.--.,.###.'...\
......\__)) ####'#'###(((__/
..........##### ########
.......... ############
....../.... ######### ...\
..__\.....\.. ###### /...../ .
(.(.(____)....`.# .´..(____).).)

Pelos caminhos da vida. disse...

Que palavras mais lindas Fernanda.

Bom domingo

beijooo

tossan disse...

Fernanda, as pessoas deveriam se casar mais maduros. É a melhor idade para descobrir o que se quer de verdade. Belíssima foto. Beijo

São disse...

Gostei imenso, pois sempre há um reencontro.
Embora eu já desespere...
Beijinhos com muita estima, querida!

Eduardo Aleixo disse...

Lindo conto. Fitaram-se nos olhos!
Mas quantas vezes antes quantos olhos já se haviam antes reciprocamentre fixado? Sim. Mas os olhos só agora se vêem, com os da maturidade, da alma...E assim é na vida, na sua aprendizagem caminhante: só esttamos à altura do amor quando os olhos aprendem a olhar! Bonito conto. De amor.
Beijo.
Eduardo

VANUZA PANTALEÃO/OBRA LITERÁRIA disse...

É verdade, Amiga!
Quando deixamos de ver somente as diferenças, começamos a alcançar a felicidade contida na Unidade.
Seus textos são admiráveis!
Uma semana de ótimas Inspirações!!!
Beijossss

Pelos caminhos da vida. disse...

Tem selinho la no blog para vc.

"Selinho da Amizade"

beijooo

Pico minha ilha disse...

O amor antes de tudo tem de ser humilde e devemos ser amigos também.Belo post com uma imagem divina.Beijinhos amiga

Tatiana disse...

Obrigada Fernanda por sua presença em meu blog!
Que texto maravilhoso e muito verdadeiro...sempre adoro estar aqui.
Desejo uma semana muito especial para você!

Um beijo carinhoso

Multiolhares disse...

Assim é por vezeds passamos uma vida a procurar e descobrimos que o amor sempre esteve perto e não viamos
beijinhos

Jorge Vieira Cardoso disse...

se soubesse-mos de todas as fragilidades dos seres, bloquava-mos as pernas e não abraçariamos ninguém!

o que era verdadeiramente mau!

é bom conhecer, ver e compreender as lições de amor...

gostei muito!


beijo terno...

Jorge P.G disse...

Mas que belíssima imagem mostras e que lenda bonita nos contas, Fernandinha!

Um abraço para ti.

regis-pereira.óleo/tela disse...

Ola! como é bom ler tantos textos excelente, muito prufundo. foi ótimo encontrar o seu blogs. parabens, tenha uma boa semana!!

De Amor e de Terra disse...

Olá Fernanda, bom dia.
Venho agradecer a visita e palavras.
Gostei muito do que aqui li, muito mesmo!
Acredito que será essa a nossa "Viagem" e essa a "lição".

Beijos da

Maria Mamede

M@ disse...

?????????¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶?????
???????1¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶????
??????¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶???
?????o¶¶¶¶¶¶¶$???????ø¶¶¶¶¶¶??
?????¶¶¶¶¶¶?????????????ø¶¶¶¶?
????¶¶¶¶¶¶???????????????o¶¶¶?
??¶¶¶¶¶¶¢????????????????$¶¶?
???¶¶¶¶¶ø?ø¶$¶¶¶ø?????????1¶¶1
??o¶¶¶¶¶?1o¶¶¶¶¶???1¶¶ø¶¶¶?¶¶¶
??¶¶¶¶¶?????7o71???¶¶øø$1?¶¶¶ø
?$¶¶¶¶¶o???????????¶?¢¶¶¶o¶¶¶ø
7¶¶¶¶¶1????????????$?????7¶¶¶ø
ø¶¶¶¶¶7?????????1??¶?????¶¶¶¶ø
¶¶¶¶¶¶¶¶??????¢¶¶¶¶7????¶¶¶¶¶¶
¶¶¶¶¶¶¶¶¶1??¶¶¶¶¶ø¶¶ø?o¶¶¶¶¶¶¶
¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶$¶¶??7117¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶
¶¶¶¶¶¶¶o¶¶¶¶????????¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶
¶¶¶¶¶¶¶7?¶¶¶¶¶oo7$¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶
¶¶¶¶¶¶¶7??¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶
¶¶¶¶¶¶¶?????ø
¶¶¶¶¶¶¶??¶¶¶¶¶¶¶¶
¶¶¶¶¶¶o???????????????1¶¶¶¶¶¶¶
¶¶¶¶¶??????????????????¶¶¶¶¶¶
O Cantinho das orações faz 2 anos apareça e deixe um comentário, abraço
Manuela
http://cantinhodasoracoes.blogspot.com

BC disse...

Olá Fernandinha, quando poder tem um miminho no meu blog, pode ir buscá-lo.
Beijo
Isabel

VANUZA PANTALEÃO/OBRA LITERÁRIA disse...

Oiiiiii, Fernandinha!
Tenho quase certeza que o Fran não vai se importar, ele é um cavalheiro.
Já comentei esse texto e vi as fotos, mas fixá-los na mente é um ato de amor!!!Bjsss

LOURO disse...

Querida Amiga Fernandinha,linda foto, com um texto maravilhoso!!!
Parabêns...

Beijinhos de carinho e amizade

Lourenço

Betty Mello disse...

Querida, cheguei de viagem, e já engatei na organização dos cursos e oficinas que ´´e uma correria. Hoje resolvi puxar o "freio-de-mão" da correria cotidiana para visitar minhas blogAmigas, por isto estou aqui pra dizer "olá!". Sempre muito especiais seus cantinhos (todos) são encantadores, e nos fazem bem aos olhos e à alma. Obrigada ! Beijinhos carinhosos, Betty

manzas disse...

Descobri…
Um banco do jardim
Que me segredou
Em poesia…
Aromas que aqui
Encontrou
De paz e a harmonia

Sempre grato pelo comentário…

O eterno abraço…

-Manzas-

C Valente disse...

gostei, deste descritivo de encantar
Sadações amigas com um beijo

Ane disse...

Adoro vir aqui ler teus textos e ver as fotos!!Um beijão!

Pelos caminhos da vida. disse...

Gostei do visual do blog amiga!

O selo da "Proximidade" esta esperando vc la.

beijooo

gaivota disse...

é mesmo um paradigma, fernandinha,
procuramos, procuramos...
é muito bonito este conto!
e voltei para te deixar
muitos beijinhosssssss

Peter Pan disse...

Admirável Amiga:
Um texto/História narrada com uma significação imensa. Uma mensagem preciosa ao "sentir" do Amor. Inconfundível e que nunca acaba. Sem fim à vista.
Sensível. Belo. Profundo.
Sabe, a fidelidade sempre a defendi entre pessoas que nutrem amor uma pela outra e, isso, tem que ser alvo de uma atenção constante, dedicada e manifesta.
Simplesmente, lindo, o texto e a
sua autora de sonho.
Abgradecido pela visita fabulosa.
Beijinhos de imenso respeito e amizade.
Sempre a admirá-la

peter pan

Bem-Haja do tamanho do mundo pelo seu talento admirável! OBRIGADO pela sincera amizade de pessoa de bem. É recíproca.

Adriano disse...

Saber falar de amor é para poucos, você o sabe, Fernanda.

Meu abraço!

Gaspar de Jesus disse...

Cara Fernanda
Quanta Poesia e quanto AMOR por aqui vai.
Belissimas lições e Belissimas Fotografias também.
Bjs
G.J.

poetaeusou . . . disse...

*
fernandinha,
,
senti o teu texto,
profundo, meditativo,
,
noite serena, deixo-te,
,
*

Gilbamar disse...

Um texto que merece todos os aplausos delirantes. Parabéns, amiga.

Fraterno abraço do amigo Gilbamar.

Carla disse...

que lindo amiga...que arrepios de emoção ao ler esta alegoria
beijos

JOSÉ ROBERTO BALESTRA disse...

Nanda, essa crônica é duma felicidade imensa! Só veras verdades! Realmente a vida dá-nos grandes lições, sobretudo as de amor... a gente é que fica de olhar semi-cerrado, olhando o próprio umbigo, os próprios pés, enquanto o implacável tempo vai nos consumindo como o sal do mar dilui um transatlântico que dorme suas profundezas...

Esse dinamismo da vida, do qual você fala na crônica, é que deixar marcas doloridas na gente quando nos comportamos racionais demais... É preciso deixar o coração falar, gritar, choar... afinal, somos humanos, não? Mas há os que não acham isso... e daí sofrem, sofrem, sofrem... até renunciar ao pé fincado no chão.

Só depois disso é que recbem os prêmios, os maiores que a vida tem, e todos com um ingredinete único: O AMOR!

Beijos a você, MINHA POETA ILUMINADA!

Carlos Barros disse...

Fernanda,

Sempre me surpreendo com seus textos tão eloqüentes. Esse é mais um que ratifica tua intensa sensibilidade.

Beijo pra ti!

Tatiana disse...

Estava com saudades daqui...
Fernanda desejo um belo final de semana para você!
Um beijinho carinhoso!

Brisa do Mar disse...

Não há maior erro do que tentar mudar alguém que se ama. Quando existe amor verdadeiro as diferenças superam-se.
O Amor é um acordo feliz entre nós e a Vida...
Simplesmente Lindo!
Bj e Bom Fim de Semana!